Noticias

Calendário de Vacinação 2016 é divulgado com novas vacinas

O novo Calendário de Vacinação da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) 2016 foi divulgado aos médicos e à sociedade neste mês. O documento traz as recomendações da entidade para a aplicação de vacinas em crianças e adolescentes. Uma das principais novidades no Calendário 2016 é a inclusão da vacina contra a dengue, crianças a partir de nove anos já podem receber a vacina, e também para quem vive em áreas de risco para a doença. A vacina contém três doses (0, 6 e 12 meses). Fabricada pela empresa francesa Sanofi Pasteur e registrada no Brasil desde dezembro de 2015, a Dengvaxia® é a primeira vacina desenvolvida contra a dengue no mundo e a única com registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O fabricante garante proteção contra os quatro tipos do vírus da dengue. De acordo com a SBP, a vacina não deve ser administrada em pessoas com imunodeficiências congênitas ou adquirida, incluindo aquelas em terapia imunossupressora. Também não deve ser aplicada em gestantes, lactantes e pessoas que vivem com HIV/Aids. A outra novidade no Calendário de Vacinação SBP 2016, é a reformulação das notas explicativas. O coordenador do DC de Imunizações, dr Renato Kfouri, chama atenção para o fato de que os textos, onde são apresentados dados técnicos e orientações sobre cada uma das vacinas, são parte integrante do Calendário e, portanto, devem ser usados pelos pediatras na orientação para cada caso, que passaram a ser mais explicativas. Na avaliação do coordenador do DC de Infectologia, dr Sáfadi, o pediatra possui um papel chave no esclarecimento de pais e responsáveis sobre a importância de se manter o esquema de vacinação das crianças e dos adolescentes em dia. Cabe a este especialista oferecer as explicações necessárias para que as coberturas se mantenham elevadas.