Esporte

Oeste do Paraná ganha Centro de Treinamento de Atletismo

Uma área de mais de 86 mil metros quadrados será referência na formação e no treinamento de atletas no Paraná, desde a base até os de alto rendimento. O presidente Jair Bolsonaro e o governador Carlos Massa Ratinho Junior inauguraram na quinta-feira (4) o Centro Nacional de Treinamento de Atletismo (CNTA), um dos mais completos centros de excelência do País em iniciação esportiva, localizado em Cascavel, no Oeste do Estado.

O complexo esportivo recebeu investimento de R$ 22 milhões – R$ 16 milhões repassados pelo Governo Federal e R$ 6 milhões pelo Estado. O espaço vai atender atletas que representam a cidade em competições e esportistas de todo o País, além de estudantes em projetos de contraturno escolar. O espaço será gerido de forma compartilhada entre o Governo do Estado, por meio da Superintendência Geral do Esporte, e a prefeitura, através da Fundação Municipal de Cultura e Esportes.

A proposta é que os projetos desenvolvidos no local mesclem a preparação de jovens promessas e também profissionais, tendo a educação como elemento primordial nas práticas diárias. “Esta é uma obra fundamental para investir no futuro dos nossos competidores e também das nossas crianças, para que elas possam se transformar, se não em atletas profissionais, que exige muita dedicação e vocação, mas também cidadãos melhores”, afirmou o governador.

“Estamos fazendo aqui algo diferenciado. Este é um complexo muito grande, que pode atender centenas de atletas. Possivelmente, uma boa parte deste equipamento poderia ficar ociosa, então nós, o Estado e a prefeitura, com aval do Ministério da Cidadania, resolvemos usar o espaço físico para colocar a molecada para treinar todos os dias, atendendo os jovens de Cascavel e até mesmo da região”, destacou Ratinho Junior.

A obra, que fica na região Oeste da cidade, deveria ter sido terminada antes dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, mas ficou pronta só agora. “Fizemos, dentro do Ministério, um trabalho forte para tirar todas as obras da área esportiva do papel. Tivemos no Governo do Paraná uma parceria segura e conseguimos, do ano passado para cá, agilizar para entregar este complexo”, explicou o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni.

“Além de desenvolver o alto rendimento dos atletas que têm potencial de competições paralímpica, olímpica ou do Panamericano, temos outra coisa importante que são crianças que virão para cá. Elas vão aprender aqui os valores que o atletismo, e o esporte como um todo, trazem: de humildade, treino, dedicação e superação”, ressaltou Lorenzoni. “Alguns serão campeões nas pistas, mas seguramente todos sairão daqui com conteúdos para serem campeões na vida”, completou.

 

Estrutura

O CNTA conta com equipamentos de ponta para o treinamento de atletas e técnicos em competições oficiais. Erguido em um terreno de 86,2 mil metros quadrados e com quase 8 mil metros quadrados de área construída, o complexo tem uma pista externa emborrachada com de 400 metros de extensão, que foi importada da Alemanha; pista de aquecimento coberta de 100 metros, arquibancada coberta para mil pessoas, academia, auditório, piscina aquecida e alojamento para cem atletas.

Também abriga uma estrutura de treinamento e acompanhamento médico, odontológico e psicológico, bem como de nutrição, fisiologia esportiva e equipamentos de última geração. “É uma grande obra, que transformará o atletismo do Paraná e do Brasil”, afirmou o superintendente geral do Esporte do Estado, Helio Wirbiski.

“No CNTA vamos dar uma ênfase muito grande ao alto rendimento, mas a prioridade será na formação dos jovens atletas. Já existe um plano de trabalho para que a base seja trabalhada em grande escala, com treinamento e alimentação adequada. Seremos uma referência no País”, ressaltou. “Além disso, essa estrutura está apta a receber grandes eventos estaduais, nacionais e internacionais. Com esse complexo, estamos na rota da elite esportiva”, completou Wirbiski.

 

Contraturno

Os projetos de contraturno escolar devem iniciar em março, atendendo cerca de 140 crianças de 7 a 12 anos, estudantes de escolas estaduais e municipais. A ideia é usar a parte lúdica do esporte para despertar nelas o interesse nas diferentes modalidades que envolvem o atletismo. “As crianças terão acesso ao esporte, com atividades pedagógicas, atendimento de saúde e alimentação, graças a essa parceria com o Governo Federal, o Governo do Estado e a prefeitura”, destacou o prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos.

“Dentro da prática de atletismo vamos ter a iniciação esportiva, o treinamento de estudantes para jogos e campeonatos e os atletas de alto rendimento que virão do Brasil inteiro para treinar no CNTA”, explicou Jeferson Lázaro, chefe do Escritório Regional do Instituto Paranaense de Ciência do Esporte.

O espaço também vai oferecer atendimentos clínicos aos atletas, ex-atletas e alunos do contraturno. O acompanhamento será feito por estudantes dos cursos da área da Saúde do Centro Universitário Univel. A instituição foi selecionada por um chamamento público feito pela Superintendência do Esporte para atender essa área.

 

Presenças

Participaram da solenidade os ministros da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos; e do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno; o secretário nacionai de Esporte de Alto Rendimento, Bruno Souza; o diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, Joaquim Silva e Luna; os secretários especiais do Esporte, Marcelo Magalhães; e de Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania, Sérgio Queiroz; o secretário estadual da Educação e do Esporte, Renato Feder; o presidente da Confederação Brasileira de Atletismo, Warlindo Carneiro da Silva Filho; os atletas Maurren Maggi e André Domingos; o secretário municipal de Cultura e Esporte de Cascavel, Ricardo Bulgarelli; os senadores Esperidião Amin e Jorginho Mello; os deputados federais Aline Sleutjes, Aroldo Martins, Filipe Barros, Gilberto Giacobo, Hermes Parcianello, Luiz Nishimori, Evandro Roman, Sargento Fahur, José Carlos Schiavinato, Sérgio Souza, Vermelho, Eduardo Bolsonaro e Hélio Lopes; os deputados estaduais Gugu Bueno, Marcio Pacheco e Coronel Lee.