Cidades

Paranhos apresenta na Câmara projeto com autorização para compra de vacinas

O prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos (PSC), entregou na Presidência da Câmara, na manhã de quinta-feira (04), um projeto de lei em que solicita autorização legislativa para que o município possa fazer compra de vacinas contra a covid-19. Ele efetuou o protocolo da proposição na presença do presidente da Casa, vereador Alécio Espínola (PSC).

O Projeto de Lei nº 14/2021 diz, em seu artigo 1º, que “autoriza o Poder Executivo Municipal realizar a aquisição de vacinas contra a Covid-19, nos termos da Medida Provisória nº 1.026, de 6 de janeiro de 2021, por meio da Compra Direta e/ou Consórcios Públicos Intermunicipais de âmbito regional, estadual ou federal”. Paranhos justificou seu pedido pela situação de agravamento da pandemia em Cascavel. “A vacinação em massa é a única solução conhecida para que a nossa cidade possa retornar a um patamar próximo da normalidade”, afirmou ele.

Pedindo a participação da Câmara para conseguir “levar a paz e a segurança” à população em um momento de lotação dos leitos e esgotamento das equipes de saúde, o prefeito explicou que pensa em buscar parceria com empresários para ajudar a bancar a compra das vacinas, de modo a fazer um plano paralelo ao Plano Nacional de Imunização, que irá continuar normalmente na cidade. “Minha proposta seria a gente continuar com o plano vacinando as faixas (de grupos prioritários) e fazer uma vacinação na força de trabalho, para os outros servidores da Educação, da Assistência (Social), e os trabalhadores com carteira assinada, para ir encontrando com esse plano nacional”, disse ele na coletiva de imprensa.

O presidente Alécio Espínola avaliou a apresentação do projeto como “mais um passo importante” na luta contra a pandemia de covid-19. “Estamos tendo muita dificuldade. Avança a doença, de forma acelerada, e receber hoje esse projeto de lei é, realmente, nos trazer esperança”, afirmou o vereador.