Cidades

Gestão de Corbélia busca parceria para construção de casas populares

O gabinete da prefeitura de Corbélia, recebeu na tarde de quinta-feira (15), o diretor de Regularização Fundiária na Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), o Luís Corti, para debater os investimentos em habitação. Participaram da reunião: o secretário Desenvolvimento Econômico, Andreo Fontana, a chefe de gabinete, Luana Paes, o vereador Nei Adair Pauvels, o secretário de Esporte Juliano Schmitt e o procurador do município, Vilson Roque.
Durante o encontro, o diretor Luís Corti orientou o município para que solicitasse a inscrição no programa Casa Fácil do governo do Estado e que prevê investimentos de R$ 450 milhões extras em habitação nos próximos dois anos para viabilizar a aquisição da casa própria a cerca de 30 mil famílias paranaenses. Além disso, o gestor se colocou à disposição para auxiliar o município no que for necessário para a implantação de um novo conjunto habitacional.
De acordo com o secretário Desenvolvimento Econômico , Andreo Fontana, foram feitas as inscrições no banco de dados da Cohapar onde foi constatado uma alta demanda de moradias popular no município que prevê a contração de unidades residenciais. “Tivemos uma conversa com a regional da Cohapar e superintendência habitacional da Caixa Econômica Federal, a próxima etapa será a aquisição ou desapropriação de área na sede e no distrito de Ouro Verde do Piquiri, sendo que na Penha já temos uma área que é passível de regularização”, explicou Andreo.
O prefeito de Corbélia, Dr. Giovani, e o Vice Dangelles, solicitaram ao alto escalão do governo que as equipes responsáveis pelos processos trabalhem em conjunto, visando acelerar os tramites e transformar o projeto em realidade. “O prefeito, Dr. Giovani e o vice Dangelles nos solicitaram unidade para gerar agilidade e com a visita do diretor Luís Corti, sentimos que o caminho para a realização deste projeto habitacional fica mais curto e trabalharemos incansavelmente para tornar isso em realidade”, concluiu o secretário Desenvolvimento Econômico, Andreo Fontana.