Cidades

Executivo se reúne com SindServ e entrega projeto de reposição salarial ao Legislativo

Administração de Nova Aurora, por meio do prefeito Pecinha, juntamente com o presidente do Legislativo e os secretários municipais se reuniram, na terça-feira (26), no gabinete do Executivo com a equipe do Sindicato dos Servidores Públicos de Nova Aurora (SindServ), para discutirem sobre o congelamento do aumento de salário concedido a todos os servidores em 01/2021 de 5,45%, devido a uma determinação do Supremo Tribunal Federal. Na ocasião, a Administração apresentou ao presidente do SindServ, Jonatas de Brito, o projeto de Lei que foi entregue para a apreciação do Legislativo municipal.
O projeto dispõe sobre reajuste nos vencimentos dos servidores públicos, empregados públicos, agentes políticos e conselheiros tutelares do município de Nova Aurora, repondo em 6%, a partir de 01 de janeiro de 2022, os salários dos servidores públicos do município. O Projeto de Lei precisa passar pela aprovação da Câmara de Vereadores para entrar em vigor.
Desde janeiro de 2021, o município havia concedido um aumento de 5,45% no salário dos servidores. A partir de outubro, esses 5,45% serão retirados da folha, pois caso não seja feito dessa forma, Nova Aurora perde a certidão, e o prefeito pode ser inclusive responsabilizado criminalmente e responder por isso. 
Segundo o Chefe do RH do Município, Anderson Pavanelli, além dos 6% da reposição o qual o Executivo enviou para o Legislativo, o funcionalismo terá o reajuste da inflação no inicio do ano que poderá chegar a 10%.