Cidades

França: Medianeira tem vocação para o desenvolvimento

O prefeito de Medianeira, Antônio França, participou na sexta-feira (18), da Assembleia Geral Ordinária (AGO), da Frimesa Cooperativa Central, realizada no Centro de Eventos da Associação Esportiva e Recreativa (Assercoop), em Medianeira. Apesar de todos os desafios enfrentados em 2021, com aumentos significativos nos custos de produção, a Frimesa cresceu muito nos últimos anos. “Para nós, de Medianeira, é um orgulho termos uma cooperativa estruturada, que atende com excelência os seus associados e ajuda a região a se desenvolver”, afirmou o chefe do Executivo.
Em entrevista ao jornal A Voz do Paraná, França demonstra a sua gratidão pela Frimesa. “Me emociono toda vez que falo da cooperativa, pois foi na Frimesa que iniciei a minha história. Saí da roça, vim para Medianeira e comecei a trabalhar na Frimesa, onde tive a oportunidade de aprender e o incentivo para estudar e me preparar para que eu pudesse me desenvolver enquanto ser humano, cidadão e profissional, chegando ao ponto de conseguir por meio do voto da população chegar ao posto de prefeito de Medianeira. Minha gratidão à Frimesa é muito grande”, enalteceu.
Sobre a sua administração em Medianeira, o prefeito França destaca que o município tem de desenvolvido por meio de ações e projetos que visam a melhoria da qualidade de vida da população. “Nós temos muitos avanços, são recursos que estamos captando do governo do Estado e do governo Federal. Estaremos construindo unidades para a saúde pública. São quatro UBSs que vamos construir agora. Também já estamos construindo uma escola para poder atender a demanda que é muito grande, além de ampliar outras. Estamos fazendo pavimento no interior e pavimento da cidade. Graças a Deus, apesar das adversidades, um ano de 2021 muito importante para a cidade, para que esse ano pudéssemos começar já com a execução de obras. Enfim, Medianeira é uma cidade importante, com vocação para o desenvolvimento”, ressaltou.
Leia, a seguir, a íntegra da entrevista:

 

Jorna A Voz do Paraná: O que representa a Frimesa para você onde iniciou ainda jovem as suas atividades?
Antônio França:
Tem alguns nomes que quando são ditos soam muito bem em nosso ouvido. Algumas palavras nos marcam, tocam o coração. A palavra Frimesa é a palavra que toca o meu coração, assim como a palavra mãe, a palavra pai. Me emociono toda vez que falo da cooperativa, pois foi na Frimesa que iniciei a minha história. Saí da roça, vim para Medianeira e comecei a trabalhar na Frimesa, onde tive a oportunidade de aprender e o incentivo para estudar e me preparar para que eu pudesse me desenvolver enquanto ser humano, cidadão e profissional, chegando ao ponto de conseguir por meio do voto da população chegar ao posto de prefeito de Medianeira. Minha gratidão à Frimesa é muito grande. Os números e os indicadores apresentados na Assembleia servem de base para que os gestores possam tomar a decisão, mas, muitas vezes, não dizem tudo o que representa organização. A organização, muitas vezes, representa muito mais do que aqueles números que estão postos. Parabenizo a Frimesa, o presidente Valter Vanzella, o diretor-executivo Elias Zydek e todos os colaboradores pelo grande desenvolvimento que a Frimesa tem apresentado nos últimos anos. Que Deus abençoe a nossa cooperativa.

Jorna A Voz do Paraná: Como está Medianeira neste momento?
França:
Medianeira está bem. Nós temos muitos avanços, são recursos que estamos captando do governo do Estado e do governo Federal. Estaremos construindo unidades para a saúde pública. São quatro UBSs que vamos construir agora. Também já estamos construindo uma escola para poder atender a demanda que é muito grande, além de ampliar outras. Estamos fazendo pavimento no interior e pavimento da cidade. Graças a Deus, apesar das adversidades, um ano de 2021 muito importante para a cidade, para que esse ano pudéssemos começar já com a execução de obras. Enfim, Medianeira é uma cidade importante, com vocação para o desenvolvimento.