Cidades

Zado quer acelerar instalação de frigorífico em Santa Helena

Recentemente, o prefeito Zado e o proprietário da Friella, Egídio Valiatti, estiveram na capital do Estado para tratar de assuntos relacionados à instalação do frigorífico em Santa Helena. 
Na Copel, participaram de uma audiência com o diretor geral de Distribuição, Maximiliano Orfali, juntamente com o secretário de Estado da Administração, Marcel Micheletto. Na oportunidade, apresentaram a necessidade de ampliação de carga de energia para o início da operação do Frigorífico, prevista para o primeiro semestre de 2024, com o abate de em torno de 4.800 suínos/dia.
A intenção da empresa é, a partir do ano de 2026, expandir a operação do complexo industrial  para dois turnos, com a possibilidade de abate de 9.600 suínos diariamente. Com isso, será necessário um aumento no fornecimento de energia, cabendo a Copel, disponibilizar um volume de oito megas, exclusivamente para o frigorífico. 
Aproveitando a ocasião, o prefeito pediu uma atenção especial da Copel para agilizar a instalação das redes de energia trifásica em Santa Helena. Zado sugeriu ainda algumas melhorias na prestação de serviços das empresas terceirizadas da Copel no município.
SEIL
Zado e Egídio reuniram-se também com o secretário de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, para apresentar o projeto do trevo de acesso para o Frigorífico, que será construído na Linha Novo Paraíso, às margens da rodovia PR-488.
Para finalizar a agenda em Curitiba, estiveram no Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), com o presidente da instituição, Wilson Bley Lipski e sua diretoria, acompanhados do secretário Sandro Alex, para conhecer as possibilidades de investimentos através de parceiras público-privadas.