Meio Ambiente

É assinado aditivo para metas do convênio Linha Ecológica entre Itaipu e Lindeiros

O convênio Linha Ecológica: Educação para Sustentabilidade e Desenvolvimento Cultural do Território, celebrado pela Itaipu Binacional com o Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu, teve aprovado aditivo em alguns eixos de trabalho como formações; gestão estratégica; sensibilização e recursos hídricos; e arte e educação. O valor final do convênio, de R$ 7.148.240, não foi alterado, o que houve foi a alocação de recursos para algumas práticas dentro das ações previstas.

Para o presidente do Conselho dos Lindeiros, prefeito de Guaíra, Heraldo Trento, essa parceria com a Itaipu promove uma integração regional e um desenvolvimento territorial com ações de sustentabilidade. “Com o convênio linha ecológica é possível chegar com ações práticas nos municípios de forma articulada com a transformação social e ambiental”, ressalta.

Aditivo

O aditivo se faz necessário para a adequação de valores referente à natureza de gastos,  escopo de duas metas, ou ações e período de vigência do convênio.. 

Adequações

Dentre as justificativas para as adequações destacamos o fato da pandemia de Covid-19 ter exigido o cumprimento de protocolos limitantes ao atendimento de algumas metas o que gerou economia na natureza de gastos com alimentação, por exemplo, tendo em vista  que durante o período diversas atividades foram realizadas no formato virtual. 

A vigência do convênio é de 3 anos, de agosto de 2020 a julho de 2023.