Infraestrutura

Itaipu e Estado anunciam obras para a região Oeste

O governador do Paraná, Ratinho Junior anunciou, na terça-feira (29), mais de R$ 2,5 bilhões em investimentos em infraestrutura. O pacote inclui duas obras financiadas pela Itaipu Binacional: a pavimentação de 26,23 km de estrada entre Ramilândia e Santa Helena, com investimento de R$ 20,4 milhões; e a restauração da Ponte Ayrton Senna, em Guaíra, incluindo nova iluminação e pavimentação de concreto da rodovia de acesso, um investimento de R$ 18,2 milhões.
As duas iniciativas fazem parte de um conjunto de obras financiadas pela margem brasileira de empresa e executadas pelo governo do Paraná, somando R$ 1,4 bilhão em investimentos.
O governo Federal também faz parte da parceria, que inclui ainda a Ponte da Integração Brasil – Paraguai, a perimetral leste de Foz do Iguaçu, a duplicação da BR 277 e do Contorno Oeste de Cascavel, a nova iluminação rodoviária da BR 277 nos municípios de Foz do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu e São Miguel do Iguaçu, a pavimentação da Estrada Boiadeira entre Umuarama e Icaraíma e, futuramente, a implantação de um contorno em Guaíra.
O anúncio foi realizado durante um evento no Palácio Iguaçu, que contou com a participação do diretor administrativo da Itaipu, almirante Paulo Roberto da Silva Xavier, representando o diretor-geral brasileiro da binacional, almirante Anatalicio Risden Junior; do almirante Luiz Carlos Faria Vieira, assessor especial do diretor-geral brasileiro, e Daltron Villas Boas, da Diretoria de Coordenação.   “Desde o início do governo tiramos do papel as principais obras pendentes, como a Ponte da Integração, a Boiadeira, a Rodovia dos Minérios e a revitalização da PR-323, e nos organizamos para deixar um banco de projetos muito robusto para os próximos dez anos. E agora já podemos tirar alguns do papel”, afirmou o governador.
“Investir em infraestrutura é garantir que a rica produção das regiões cheguem com rapidez ao Porto de Paranaguá, e com um custo menor em logística. Cada anúncio de obras significa honrar um compromisso com a população e com umas principais regiões produtivas do Brasil”, disse o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex.
Diversificação
O evento incluiu não só assinaturas de ordens de serviço para revitalização de diversas rodovias no estado, mas também anunciou o cronograma da modernização e ampliação do Corredor de Exportação, no Porto de Paranaguá, e celebrou a entrega do Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) do projeto da Nova Ferroeste. A estrada de ferro com 1.304 quilômetros vai ligar Maracaju (MS) ao Porto de Paranaguá.
Em outra vertente, foi anunciada a liberação de R$ 200 milhões, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Logística, para execução de obras urbanas em 104 municípios do Estado, como pavimentações, ciclovias, terceiras faixas, duplicação, recapeamento de asfalto, entre outros.