Cidades

Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor tem como concorrente o Programa Foz Desenvolve

Desde 2017, a Prefeitura de Foz do Iguaçu tem desenvolvido ações que contribuem com o pequeno empresário, geram novos negócios, e fomentam a economia local. Este conjunto de atividades se transformou no Foz Desenvolve, programa de referência nacional em desenvolvimento econômico, classificado na categoria “Cidade Empreendedora” do XI Prêmio SEBRAE Prefeito Empreendedor. 

Os projetos que englobam esta iniciativa foram apresentados hoje (05) pelo prefeito Chico Brasileiro e a secretária da Fazenda, Salete Horst ao coordenador estadual de ambiente de negócios do Sebrae, Rodrigo Viana. A avaliação presencial é uma das etapas do concurso e auxilia a compor o julgamento para a fase estadual, que acontecerá em maio. Na semana passada, o município apresentou os projetos inscritos na categoria “Compras Públicas”. 

Dentre os projetos apresentados estão o Destrava Foz, programa de simplificação para abertura de empresas; o Foz Juro Zero, linha de crédito ofertada para profissionais autônomos, microempreendedores (MEIS) e microempresários (ME); o Foz Conhecendo Foz, criado durante a pandemia para promover os atrativos turísticos e gerar renda aos guias e profissionais do transporte turístico e escolar; o “Repara Foz”, que possibilita aos prestadores de serviços realizarem pequenos reparos e manutenções em prédios públicos por meio de contratação direta; o Auxílio Material Escolar, que credenciou papelarias locais para a venda de produtos aos mais de 25 mil alunos da rede municipal e a Central do Empreendedor, que em 2021 realizou mais de 31 mil atendimentos e consultorias voltadas ao pequenos empresários; Compra Mais Local que visa incentivar e auxiliar empresas locais a participarem das compras públicas e governamentais de Foz do Iguaçu, assim como foi apresentado o Escritório de Compras.

Durante a reunião, o prefeito Chico Brasileiro destacou a contribuição do Sebrae para o desenvolvimento dos projetos. “Desde o início da gestão firmamos essa parceria e estamos satisfeitos com o conjunto de ações e os resultados alcançados. O Foz Desenvolve é um programa que tem gerado grandes resultados para o empresariado local. Estamos, acima de tudo, criando um novo conceito de administração pública, na desburocratização e no desenvolvimento das microempresas”, citou. 

Destrava Foz

Um dos primeiros projetos implantados pela gestão, em 2018, foi o Destrava Foz, facilitando a abertura de empresas, alteração e renovação de licenças. “Antes, os empreendedores passavam mais tempo atrás da prefeitura resolvendo problemas do que cuidando do próprio negócio”, lembrou a secretária da Fazenda, Salete Horst. “Nós conseguimos fazer com que estes empresários se dedicassem ao seu negócio e simplificamos todos os processos. Somos hoje a 8ª cidade do país, fora das capitais, mais rápida na abertura de empresas”, afirmou. 

Foz Juro Zero

Em abril de 2020, em um dos piores momentos da pandemia da Covid-19, o município implantou, em parceria com a Fomento/PR, o Foz Juro Zero, uma linha de crédito com juro zero para profissionais autônomos e liberais, trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI) e microempresários (ME). Foram liberados 2.159 linhas de créditos em valores que chegaram a quase R$ 11 milhões de reais. Uma segunda fase já esta sendo organizada pela prefeitura e será lançada em breve. 

Central do Empreendedor

Outro projeto que engloba o Foz Desenvolve é a Central do Empreendedor, que oferta atendimento, orientação, capacitação e microcrédito ao pequeno e médio empresário. Dentro da central funciona o Núcleo de Licenças, o Escritório de Compras, todo o atendimento ao microempreendedor individual, o Resgate Empresarial e a Junta Comercial. Em 2021, mais de 31 mil atendimentos foram realizados no local. 

Avaliação

O coordenador estadual do Sebrae, Rodrigo Viana parabenizou o município pelos projetos e enalteceu o pioneirismo em diversas ações, como o Foz Juro Zero e o Foz Conhecendo Foz, por exemplo. “Foz do Iguaçu tem a característica do pioneirismo, implantou novos projetos sem ter nenhum outro modelo como referência. É difícil estruturar algo novo e isso só dá certo com comprometimento e olhar empreendedor”, disse. Em 2019, o município conquistou o prêmio estadual com o projeto MEI na Escola, voltado à geração de emprego e renda aos MEIS.

Reunião

Também participaram do encontro na manhã desta terça-feira o consultor de Políticas Públicas do Sebrae, Luiz Marcelo Padilha; o coordenador do Banco do Empreendedor, Volnei Lampert; a coordenadora da Central do Empreendedor, Joice Lídia da Silva e o presidente do Sindicato dos Contadores e Técnicos em Contabilidade de Foz do Iguaçu, Leandro Ricardino Correa.