Cidades

Ciclovia em Foz do Iguaçu já foi iniciada

Equipes da empresa contratada pela Prefeitura de Foz do Iguaçu para a revitalização da Avenida General Meira, uma das vias mais importantes do corredor turístico da cidade, trabalham esta semana no corte e demarcação do asfalto para a construção de uma das ciclovias, no canteiro central. 

Na última semana, foi feito o levantamento topográfico da região, com o objetivo de determinar o contorno, dimensão e posição relativa de toda a área. Após a etapa atual, será feita a demarcação do corte para instalação do meio-fio, delimitando limites da ciclovia lateral e do asfalto. 

Etapas da obra

Com investimento de R$ 4,7 milhões, a obra é dividida em seis etapas. A primeira até a  quarta etapa envolve o trecho que vai do cruzamento da Avenida General Meira com a Avenida Surubi até o cruzamento da Avenida General Meira com a Avenida das Cataratas. As etapas 5 e 6 vão da Avenida Surubi até o final da Avenida General Meira, sentido Marco das Três Fronteiras. Os trabalhos contemplam o recape asfáltico e implementação de pista de rolamento, ciclovia e estacionamento dos dois lados. 

“A obra foi dividida em várias etapas para diminuir os transtornos que são comuns a qualquer intervenção, especialmente em vias muito movimentadas”, explicou o secretário municipal de Obras, Cézar Furlan. 

Sobre a Avenida

A Avenida General Meira tem 4,5 quilômetros de extensão. É considerada uma das avenidas mais importantes de Foz do Iguaçu, como parte do corredor turístico da cidade. 

A via dá acesso ao Marco das Três Fronteiras, à Avenida das Cataratas (que leva a pontos turísticos como Parque das Aves, Cataratas do Iguaçu e Complexo Dreamland, além do Aeroporto). 

Com a construção da segunda ponte (Brasil – Paraguai), a avenida terá um novo impulso no perfil econômico do município. 

Prazo

O prazo para a conclusão da obra é de seis meses, dependendo das condições climáticas.