Variedades

Empresário: você conhece o seu ponto de equilíbrio?

Saber o ponto de equilíbrio financeiro do negócio é fundamental, no entanto muitos empreendedores tem dificuldades de entender o que é e como analisá-lo. 

Além de identificar o custo, a despesa e o investimento, é preciso conhecer a quantidade de produtos ou serviços a serem vendidos para chegar ao lucro zero. Esse é o chamado ponto de equilíbrio da empresa.

A especialista em gestão de financeira e preços Beatriz Machnick, da BM Finance Group, explica que entender e reconhecer esses conceitos é o primeiro passo o sucesso. “Se a empresa vender menos unidades do que as definidas no ponto de equilíbrio, terá prejuízo. Se vender mais, terá lucro. Assim, os empresários devem se programar e se planejar para sempre vender mais que seu ponto de equilíbrio”, explica. Conhecer o faturamento mínimo mensal para cobrir os gastos garante fluxo para pagamentos, reserva de caixa e ainda define quanto se deve lucrar a mais.

Para ela, a gestão financeira é muito mais útil para projetar o futuro da empresa do que para tratar do passado. “O resultado que já passou fica apenas na esfera de aprendizado, seja ele positivo ou negativo. O objetivo de profissionalizar o departamento financeiro é poder usar as finanças de forma assertiva como um direcionador para o futuro. Esses conhecimentos técnicos farão com que os danos sejam praticamente anulados. Quando passamos a ter isso como prioridade, temos a maturidade para organizar os dados dentro de uma estrutura para o futuro, construindo o planejamento financeiro desejado”, esclarece.

Por fim, manter as finanças organizada é essencial para um bom fluxo de caixa. É isso que permite ao empresário identificar, de maneira clara e objetiva, os gastos, as despesas e planejar o crescimento da corporação.

*Beatriz Machnick é professora, contadora, especialista em Controladoria e Finanças, mestre em Governança e Sustentabilidade. CEO e fundadora da BM Finance Group com sede em Curitiba e presença em 23 estados do Brasil. Pioneira da metodologia de Formação de Preços na Advocacia com a tríade dos livros de gestão na advocacia: Gestão Financeira na Advocacia - Teoria e Prática (2020), Valorização dos Honorários Advocatícios – O Fortalecimento da Advocacia através da Gestão (2016) e Honorários Advocatícios – Diretrizes e Estratégias na Formação de Preços para Consultivo e Contencioso (2014). Professora na Escola Superior da Advocacia e na Ordem dos Advogados do Brasil.