Meio Ambiente

Copel assina acordo para reduzir emissões de carbono

A Copel assinou uma carta de compromisso do Movimento Ambição Net Zero, iniciativa da Rede Brasil do Pacto Global que pretende colaborar para a redução de emissões de carbono. 

O movimento desafia e apoia empresas signatárias do Pacto Global para que estabeleçam metas robustas e com base na ciência a fim de reduzir suas emissões de gases de efeito estufa. Coletivamente, o grupo tem a ambição de reduzir 2 Giga toneladas de CO2 em emissões acumuladas até 2030. 

“A agenda ESG na Copel tem avançado cada vez mais, abrangendo todas as áreas da empresa em um compromisso conjunto de combate aos efeitos da mudança do clima. Estamos evoluindo juntos em direção à descarbonização, em especial com nossas metas atreladas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável prioritários do setor elétrico brasileiro”, afirma o diretor de Governança, Risco e Compliance da Copel, Vicente Loiácono Neto. 

 

Movimento Ambição Net Zero 

A proposta faz parte da campanha Ambição 2030, iniciativa composta por sete grandes movimentos, criados para acelerar as metas propostas pela Agenda 2030 da ONU. São eles: Mente em Foco, Elas Lideram 2030, Água, Salário Digno, Raça é Prioridade, Ambição Net Zero e Transparência 100%, que tratam de questões relacionadas à saúde, direitos humanos, clima, acesso à água e anticorrupção. 

No Ambição Net Zero, as empresas participantes trabalharão nas frentes de engajamento da alta liderança, na construção de capacidades por meio de sessões técnicas e integração de especialistas, na sensibilização de parceiros internos e externos, no envolvimento da cadeia de valor, bem como no monitoramento e visibilidade das melhores práticas. 

O lançamento da iniciativa aconteceu no fim de abril, quando 150 empresas brasileiras já haviam assinado compromissos públicos com as iniciativas do Pacto Global. 

O movimento integra o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 13 - Ação Climática e os objetivos do Acordo de Paris em suas estratégias de negócio. A carta defende a definição de metas baseadas na ciência como uma maneira poderosa de impulsionar entregas de impacto para a sociedade brasileira e por isso se propõe a trabalhar com o setor empresarial brasileiro com compromissos individuais e ambições coletivas. 

 

Compromissos 

Entre os compromissos das signatárias do Movimento Ambição Net Zero, está a publicação anual de inventário de emissões de gases de efeito estufa, que a Copel realiza desde 2008, como parte de sua Política de Mudança do Clima.  

Nos últimos quatro anos, o montante de emissões de toneladas de CO2 equivalentes (tCO2) da Copel foi reduzido em 85%. 

Em 2021, a Copel elaborou seu Plano de Neutralidade de Carbono, que resultará na redução de Emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) e na compensação de emissões residuais do escopo 1 até 2030 para os ativos sob controle operacional da Companhia. 

A empresa conquistou ainda, nos dois últimos anos, o mais alto nível de certificação do Programa Brasileiro GHG Protocol – principal ferramenta usada no país para entender, quantificar e gerenciar as emissões de gases de efeito estufa (GEE) de uma organização. 

Recentemente, a Copel reafirmou seu compromisso com a temática de mudança do clima no evento Race to Zero, que reuniu iniciativas financeiras de todo o mundo comprometidas em acelerar a descarbonização da economia, com uma soma de US$ 130 trilhões de capital privado engajado. 

As articulações para a formação desta rede iniciaram em abril de 2021, no contexto dos preparativos para a 26ª Conferência sobre Mudança do Clima das Nações Unidas (COP-26). O lançamento no Brasil foi uma promoção da Aliança Financeira de Glasgow para a neutralidade do carbono (GFANZ), em parceria com a Embaixada Britânica no Brasil. 

Mais informações: www.copelsustentabilidade.com