Cidades

Educação lança projeto “Minha Escola, meu porto seguro”

O município de Cafelândia, através da Secretaria de Educação e Cultura, lançou na quarta-feira (4), o projeto “Minha escola, meu porto seguro”, que tem como objetivo prevenir e combater a violência contra crianças e adolescentes, além de orientar as vítimas na busca de ajuda dos órgãos competentes, quebrando assim o ciclo de violência.
O lançamento do projeto aconteceu na Sala de Reuniões do Paço Municipal e contou com a presença do prefeito Culestino Kiara; da secretária de Educação e Cultura, professora Rozane Maria Dal Molin Pitol; da primeira-dama e secretária de Assistência Social, Roseli Camilo; do diretor de Saúde, Fernando Fuzano, além dos diretores municipais, estaduais e presidentes e/ou representantes de associações e clubes de serviço.
A secretária de Educação e Cultura, professora Rozane Maria Dal Molin Pitol, abriu o evento destacando o objetivo, além de justificar o motivo da educação lançar neste momento esse projeto. “Durante a pandemia, quando tivemos que nos afastar com as aulas remotas, percebemos um aumento desenfreado no número de casos de violência, tanto sexual, quanto violência física. Vimos essa necessidade crescente e por isso solicitei a ajuda das escolas, das entidades para juntos conseguirmos mudarmos essa situação”, destacou. Na sequência, a coordenadora pedagógica da Secretaria de Educação, Kelis Regina Silva Guedes, explanou o projeto, bem como as ações que serão realizadas durante todo ano de 2022. “O dia 18 de maio é o dia de combate a violência sexual contra crianças e adolescentes. Neste dia faremos uma grande passeata como forma de mostrar a sociedade cafelandense que estamos na luta pelos direitos de nossas crianças e adolescentes. Após a apresentação do projeto para todos os envolvidos, faremos ainda a abertura oficial do projeto com palestra com o Promotor de Justiça para a comunidade escolar e convidados; apresentação de teatro; passeata no dia 18 de maio; levantamento da demanda de cada escola com planejamento especifico de ações dentro de cada escola; grafitagem do logo do projeto nas escolas; uso constante da camiseta do projeto pelos professores; divulgação do projeto nas mídias sociais e imprensa local; concurso cultural de desenhos e frases; premiação dos trabalhos vencedores do Concurso Cultural “ Minha Escola, meu porto seguro”, destacou. 
Por sua vez, o prefeito Culestino Kiara parabeniza a ação – que vai acontecer ao longo do ano e destaca o envolvimento de toda sociedade para que os resultados sejam obtidos de forma mais rápida e eficaz. A próxima ação será a passeata no dia 18 de maio nas principais ruas e avenidas de Cafelândia.