Variedades

Inclusão social em cidade inteligente brasileira promove segurança

Muros altos, portões e recursos de controle de acesso são sinônimo de segurança na maior parte dos empreendimentos imobiliários. Apostando no caminho inverso, a Planet Smart City investe no conceito de cidade acessível ao promover a segurança por meio da inclusão social e inovação digital.

Isso acontece porque a proptech ítalo-britânica enxerga na redução das desigualdades a oportunidade de melhorar o cuidado com os espaços públicos. “Acreditamos que quando oferecemos um espaço aberto com acesso a serviços gratuitos e de qualidade geramos a socialização e o sentimento de pertencimento entre os moradores e a comunidade do entorno, fazendo com que eles se sintam integrantes e responsáveis pela preservação e segurança do lugar ao ter acesso a oportunidades de capacitação profissional, atividades de lazer e cultura”, explica a CEO da Planet no Brasil, Susanna Marchionni.

É por isso que a proptech entrega um Hub de Inovação no coração de cada cidade. Na Smart City Laguna, por exemplo, o espaço oferece serviços gratuitos para a população que incluem cinema, biblioteca e cursos profissionalizantes que democratizam o acesso à cultura e incentivam também o estudo e o trabalho ao oferecer oportunidades para todos os cidadãos da região.

Para acompanhar a programação e ter acesso aos serviços disponíveis, só é preciso ter o Planet App, aplicativo próprio e gratuito criado para promover a interação nas cidades. A comunicação, inclusive, também é um recurso utilizado para garantir a segurança dentro da própria ferramenta. Com o botão de alerta, em situações de perigo, o morador pode acionar até cinco pessoas cadastradas enviando uma mensagem com a sua geolocalização.

Com a mistura de áreas residenciais e comerciais, a circulação e a presença de pessoas são constantes em diversas faixas de horário, o que faz com que o planejamento urbano também seja um aliado, aumentando naturalmente o nível de segurança e facilitando o acesso a bens e serviços em qualquer ponto da cidade.

Além da Smart City Laguna, o Ceará também abriga a Smart City Aquiraz, e o Rio Grande do Norte conta com a Smart City Natal. Próximas das capitais e dos principais pontos turísticos, os empreendimentos se consolidaram como uma opção inovadora dentro dos projetos imobiliários disponíveis no Brasil.

Sobre a Planet Smart City:

A empresa proptech Planet Smart City projeta e constrói cidades e bairros inteligentes inclusivos, que fornecem mais do que apenas residências. Com presença global no mercado imobiliário a preços acessíveis, tanto em mercados emergentes quanto nos desenvolvidos, a Planet melhora a qualidade de vida de seus moradores, aplicando sua experiência em integração de soluções inteligentes, tecnologias digitais, serviços e inovação social. Seus bairros inteligentes, sustentáveis e socialmente inclusivos são apoiados pelos serviços do Planet App, uma plataforma digital própria que permite que os moradores interajam entre si e com o bairro ao seu redor. 

O grupo fundado em 2015 pelos especialistas imobiliários italianos Giovanni Savio e Susanna Marchionni é líder global em Cidades Inteligentes Inclusivas, e tem sede em Londres, com escritórios na Itália, Brasil, Reino Unido e India. A Planet está executando um ambicioso plano de expansão, que inclui o lançamento de 30 projetos no mundo até 2023. 

A proposta única da Planet se tornou realidade no Brasil, onde estão sendo construídos  projetos horizontais - Smart City Laguna (CE), Smart City Natal (RN), Smart City Aquiraz (CE)  - e verticais na cidade de São Paulo, com mais de 2.500 apartamentos com o parceiro local InLoop com a marca Viva!Smart.

Mais informações em: www.planetsmartcity.com.br