Economia

Como encontrar a modalidade de crédito mais indicada a sua empresa?

A oferta de financiamento para pequenas e médias empresas cumpre um papel importante: viabilizar o acesso ao crédito, uma dificuldade enfrentada por muitos empreendedores brasileiros. Mas seja para levantar capital de giro, quitar débitos ou investir em melhorias na empresa, é sempre importante estar atento às linhas de crédito disponíveis para não se enrolar depois.

De acordo com Pedro Salanek, coordenador dos cursos de finanças do ISAE Escola de Negócios, o crédito bom é aquele que a empresa tem capacidade de pagar. “É preciso estar ciente sobre todas as informações, desde prazo, modalidade e taxa adequada para que, uma vez aplicado esse recurso dentro da empresa, ele possa gerar liquidez para honrar com empréstimo realizado”, aponta. Segundo ele, também é importante se atentar ao volume adequado de crédito, para que não falte e nem seja excessivo, a fim de não prejudicar a empresa com ainda mais dívidas.

As modalidades de crédito podem variar, primordialmente, entre empréstimo e financiamento. “Empréstimo é a curto prazo, para aquela necessidade imediata, como linha para capital de giro e antecipação de recebíveis”, explica o especialista. “Já o financiamento, que pode envolver o BNDES e demais linhas especificas que tenham relação com Governo Federal, são para investimento em estrutura, maquinários, entre outros”, complementa.

Ademais, as cooperativas de crédito também possuem papel fundamental para a economia de pequenas e médias empresas, auxiliando na econômica local. “As cooperativas têm vocação em promover o desenvolvimento financeiro de seus cooperados. Além disso, após quase todo final de ciclo de gestão, oferecem uma distribuição de sobras aos cooperados, que podem receber parte do valor anteriormente pago em taxas”, finaliza Pedro Salanek.