Ratinho lidera disputa ao governo e venceria no 1º turno

O governador do Estado, Ratinho Junior (PSD), segue liderando as intenções de voto para ser reconduzido ao cargo e, se as eleições fossem hoje, venceria as eleições já no primeiro turno no Paraná. É o que revela a nova pesquisa divulgada na sexta-feira (17), pela Band TV. A abordagem, realizada pelo Instituto Paraná Pesquisas, foi contratada pela corretora BGC Liquidez.
Ratinho Junior lidera todos os cenários testados, incluindo, espontâneo e estimulados - no primeiro, os entrevistados dizem livremente sua preferência, enquanto, no segundo, os paranaenses indicam o voto a partir de uma lista de pré-candidatos.
NÚMEROS PARA GOVERNADOR
Considerando apenas os votos válidos, o atual governador aparece em um cenário com 60,8% dos votos, seguido por Roberto Requião (PT), que tem 31,8%, e Cesar Silvestre (PSDB), com 7,4%. Nesse caso, tem quase o dobro de intenção de votos do segundo colocado.
Em outro, que apresenta também Angela Machado (PSOL), com 3,2%, e Zé Boni (AGIR36), com 1,3%, Ratinho Junior lidera, com 59,1% das intenções, bem à frente do segundo colocado, Roberto Requião, com 30,7%, e de Cesar Silvestri, com 5,7%.
O levantamento mediu ainda o índice de aprovação do governador Ratinho Junior. Do total, 63% aprovam a atual gestão, enquanto 30,3% desaprovam. Os que não souberam ou não opinaram correspondem a 6,7%.
Na avaliação do governo, 42,4% consideram a administração de Ratinho ótima ou boa; 36%, regular; e 19,9% ruim ou péssima.
PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA
Na disputa para presidente, Jair Bolsonaro apareceu no levantamento estimulado com 47% das intenções de voto no Paraná, Luiz Inácio Lula da Silva com 30%, Ciro Gomes com 5,7%, André Janones com 1,4% e Simone Tibet com 1,3%. Os demais candidatos fizeram abaixo de 1% cada.
Já pesquisa consulta espontânea, quase 43% dos paranaenses responderam ainda não ter candidato a presidente definido, enquanto 31% disseram que vão votar em Bolsonaro, e 17,5% em Lula, 0,9% em Ciro Gomes, 0,5% em Pablo Marçal, 0,3% em Simone Tebet, 0,2% em André Janones e 0,1% em Eymael e Felipe D’Avila - os demais apareceram, juntos, com apenas 0,3%. Já o governo Bolsonaro teve aprovação de 54% e reprovação de 41% dos paranaenses.
REGISTRO
A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o n.º BR-09457/2022 para o cargo de presidente e n.º PR-02498/2022 para o cargo de governador. Ela ouviu 1.540 pessoas em todo o Estado do Paraná entre os dias 12 a 16 de junho de 2022. A margem de erro é de 2,5%. Já o índice de confiabilidade, segundo o instituto, é de 95%.